Brasil cria Política Nacional de Gestão Turística do Patrimônio Mundial Cultural e Natural

A proposta tem como uma de suas estratégias “promover a valorização do patrimônio cultural e natural para visitação turística”

O presidente Jair Bolsonaro, assinou hoje (11) o decreto que institui a Política Nacional de Gestão Turística do Patrimônio Mundial Natural e Cultural. O decreto faz parte de uma série de medidas que a Pasta está adotando com o objetivo de melhorar o ambiente de negócios do setor e potencializar a atração de investimentos para o Brasil.

A proposta está alinhada ao Plano Nacional de Turismo 2018-2022, que definiu como uma de suas estratégias “promover a valorização do patrimônio cultural e natural para visitação turística”. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

O decreto é resultado de uma parceria do Ministério do Turismo com os ministérios da Cidadania, Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional, com apoio do Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

O objetivo do decreto é desenvolver, ordenar e promover os segmentos turísticos relacionados ao Patrimônio Mundial Cultural e Natural do Brasil. Neste sentido são considerados patrimônios mundiais os Sítios reconhecidos pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), por meio do Comitê do Patrimônio Mundial. O Brasil possui, ao todo, 21 patrimônios reconhecidos.

Fonte:Metro1

Compartilhe
Comentários
Carregando...
WhatsApp chat Fale conosco
Positive SSL