Líder de facção baiana vivia em comunidade carioca controlada pelo Comando Vermelho

Suspeita da PF é de que grupo de Coruja, preso nessa terça, movimente R$ 1 mi por mês

Preso em uma casa simples, ao contrário das recentes prisões de lideranças de organizações criminosas que atuam na Bahia, o traficante baiano Thiago Adílio dos Santos, conhecido como Coruja, apontado pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) como o criminoso mais procurado de Salvador, vivia na comunidade de Jardim Caiçara, controlada pela facção Comando Vermelho, na cidade carioca de Cabo Frio.

“Ele vivia numa comunidade, não estava no luxo, bem escondido, evitando exposição, sabia que era um alvo sensível, era procurado. Estava numa comunidade controlada por uma facção”, disse o delegado André Rocha do Departamento de Repressão de Entorpecentes (DRE) da Polícia Federal. Rocha confirmou que a localidade é dominada pela Comando Vermelho.

Líder da facção chamada OP (Ordem e Progresso) – dissidência da CP (Comando da Paz/Comissão da Paz), a suspeita é de que o grupo de Coruja movimente mais de R$ 1 milhão por mês, segundo o delegado da PF. “Tanto a CP quando a OP são aliadas ao Comando Vermelho”, explicou.

Coruja tinha mandado de prisão e ocupava a carta Seis de Ouros do Baralho do Crime da SSP-BA.

Para localizar e prender Coruja, policiais se infiltraram na comunidade e fizeram o levantamento sobre a rotina dele. Participaram da operação de captura a Coruja, na manhã desta terça-feira (12), homens das secretarias da Segurança Pública da Bahia (Superintendência de Inteligência, Bope, DHPP e Draco), e do Rio de Janeiro, além da Polícia Federal baiana.

“Foi com muita dificuldade que se conseguiu a localização dele. Foram alguns meses de investigação, mas a localização foi há pouco tempo. O monitoramento é constante de pessoas ligadas às facções criminosas. Ninguém está fora do nosso radar.

Quando alguma informação chega, a gente corre para verificar. A investigação é constante”, declarou.De acordo com a SSP, Coruja será trazido para Salvador. Dia e horário não foram divulgados por questões de segurança. Ninguém mais foi preso na operação desta terça-feira. Segundo a PF, foi apreendida certa quantidade de droga com Coruja.

Fonte:Correios

Compartilhe
Comentários
Carregando...
WhatsApp chat Fale conosco
Positive SSL